Prof. Dr. Tiago Bilhim

Tiago Bilhim é um médico português de 43 anos, Radiologista de Intervenção, especializado em tratamentos minimamente invasivos por embolização.

Licenciou-se em 2004 em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da NOVA Medical School e terminou o seu internato de Radiologia em 2011, ano em que obtém a certificação europeia em Radiologia de Intervenção (EBIR – European Board of Interventional Radiology).

Recebe o grau de Doutor em Medicina das Radiações em 2011, com a tese: “Embolização das artérias prostáticas no tratamento da hiperplasia benigna da próstata – estudo anatomo clínico”.

sobre mim

Demonstrou ainda, desde cedo, interesse pela docência, tendo sido monitor e assistente convidado de Anatomia, de 2000 a 2012, e, entre 2012-2022 foi assistente convidado e professor auxiliar convidado de “Imagiologia e Anatomia Clínicas” e “Bases Avançadas da Imagiologia Médica”, na Faculdade de Ciências Médicas da NOVA Medical School.

Atualmente é Radiologista de Intervenção no Hospital de Saint Louis e na CUF Tejo, em Lisboa.

À sua atividade profissional, junta-se uma participação importante no meio académico, sendo Editor-Adjunto da Acta Radiológica Portuguesa, Editor-associado do Journal of Vascular and Interventional Radiology (JVIR) e Editor de Embolização da revista Cardiovascular and Interventional Radiology (CVIR).

Fale Connosco

Prof. Dr. Tiago Bilhim

Tiago Bilhim é um médico português de 43 anos, Radiologista de Intervenção, especializado em tratamentos minimamente invasivos por embolização.

Licenciou-se em 2004 em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da NOVA Medical School e terminou o seu internato de Radiologia em 2011, ano em que obtém a certificação europeia em Radiologia de Intervenção (EBIR – European Board of Interventional Radiology).

Recebe o grau de Doutor em Medicina das Radiações em 2011, com a tese: “Embolização das artérias prostáticas no tratamento da hiperplasia benigna da próstata – estudo anatomo clínico”.

Demonstrou ainda, desde cedo, interesse pela docência, tendo sido monitor e assistente convidado de Anatomia, de 2000 a 2012, e, entre 2012-2022 foi assistente convidado e professor auxiliar convidado de “Imagiologia e Anatomia Clínicas” e “Bases Avançadas da Imagiologia Médica”, na Faculdade de Ciências Médicas da NOVA Medical School.

sobre mim

Atualmente é Radiologista de Intervenção no Hospital de Saint Louis e na CUF Tejo, em Lisboa.

À sua atividade profissional, junta-se uma participação importante no meio académico, sendo Editor-Adjunto da Acta Radiológica Portuguesa, Editor-associado do Journal of Vascular and Interventional Radiology (JVIR) e Editor de Embolização da revista Cardiovascular and Interventional Radiology (CVIR).

Fale Connosco
0
Anos de Experiência
0
Embolizações Prostáticas
sobre mim
0
Embolizações Uterinas
0
Palestras Lecionadas

2005 – Frequência do Internato Médico – Ano Comum, no Hospital Pulido Valente.

2005 – Realizou a prova de Comunicação Médico-Doente em Setembro de 2005, obtendo a classificação de “Apto”.

2005 – Efetuou o Concurso de Ingresso no Internato Complementar, tendo obtido a classificação de 92% (22º na ordenação nacional para um total de 714 inscritos).

2006 – Optou pela vaga de Radiologia no Hospital Santo António dos Capuchos e iniciou o Internato Complementar.

2006 até ao presente – Radiologista de Intervenção no Hospital de Saint Louis, Lisboa.

2011 – Concluiu a avaliação final do Internato Médico de Radiologia, obtendo o grau de Médico Assistente de Radiologia.

2011 – Obteve certificação Europeia como Radiologista de Intervenção em 30 de Setembro de 2011 – EBIR – European Board of Interventional Radiology.

2011 até ao presente – Contratado pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central, E.P.E. como Assistente Hospitalar Especialista em Radiologia onde permanece em actividade até à data presente como Radiologista de Intervenção.

2019 até ao presente – Diretor da unidade de Angiografia no Hospital de Saint Louis, Lisboa.

2020 até ao presente – Radiologista de intervenção na CUF Tejo, Lisboa.

12 de Setembro de 2021 – Aprovado com 19.125 no concurso de habilitação ao grau de consultor da carreira médica de radiologia.

Dezembro 2021 – Obteve certificação Europeia como Radiologista de Intervenção Endovascular – EBIR – ES – European Board of Interventional Radiology – Endovascular Specialist.

1997 – 12º ano completado na escola secundária da Cidade Universitária, com média de 17 valores.

1998 – Frequência no 1º ano da licenciatura de Bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

1998 – recandidatura para o curso de Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa (estatuto de atleta em regime de alta competição).

De 1998 a 2004 – frequência do Curso de Medicina pela NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa.

2004 – licenciatura em Medicina e Cirurgia pela NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa, com média final de 17,24 valores.

2011 – Doutor no ramo de Medicina, especialidade de Medicina das Radiações, aprovado por unanimidade, com qualificação de Muito Bom com Distinção e Louvor por maioria a 18/11/2011, na Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa, com a tese “Embolização das artérias prostáticas no tratamento da hiperplasia benigna da próstata – estudo anátomo-clínico”.

2012 – Completou o Clinical Scholars Research Training (CSRT) I da Harvard Medical School – Portugal Program in Translational Research and Information (30 Março a 1 de Dezembro de 2012).

2013 – Completou o Clinical Scholars Research Training (CSRT) II da Harvard Medical School – Portugal Program in Translational Research and Information (30 Março a 1 de Dezembro de 2013).

2022 – Agregação em Medicina na NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa, aprovado por unanimidade.

2000-2004 – Monitor voluntário de Anatomia, NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa.

2005-2006 – Monitor contratado de Anatomia, NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa.

2007-2012 – Assistente convidado de Anatomia, NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa.

2011-2015 – Assistente convidado de Imagiologia e Anatomia Clínicas, Medicina da Imagem e Bases Avançadas de Imagem Médica, NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa.

2015-2022 – Professor Auxiliar Convidado de Imagiologia e Anatomia Clínicas e Bases Avançadas de Imagem Médica, NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa.

Orientador de 6 alunos de doutoramento da NOVA Medical School.

Publicação de 78 artigos em revistas científicas nacionais e internacionais indexadas na Medline.

Autor de 7 capítulos de livros.

2817 citações; índex-h de 26; índex-i10 de 47

2004 – Inscreveu-se na Ordem dos Médicos, tendo-lhe sido atribuída a cédula profissional nº 44243.

De 2013 até 2017 – 2º Vogal da Secção de Radiologia de Intervenção da Sociedade Portuguesa de Radiologia e Medicina Nuclear.

2016 – até ao presente: Editor-Adjunto da Acta Radiológica Portuguesa.

Julho 2017 – Agosto 2020: Associate Editor Journal of Vascular and Interventional Radiology (JVIR).

Setembro 2017 – Agosto 2020: Editorial Board Member Cardiovascular and Interventional Radiology (CVIR).

Março 2018 – Corresponding Fellow Society of Interventional Radiology (SIR).

Junho 2018 – Fellow Cardiovascular and Interventional Radiological Society of Europe (CIRSE).

De 2018 até ao presente – Editor Committee for the EBIR – European Board of Interventional Radiology.

Agosto 2020 até ao presente – Section Editor for Embolisation, Cardiovascular and Interventional Radiology (CVIR).

2013 – Recebeu o prémio: 2013 Journal of Vascular and Interventional Radiology (JVIR) Editor’s Award for Top Reviewer.

2014 – Recebeu o prémio: 2014 Journal of Vascular and Interventional Radiology (JVIR) Editor’s Award for Top Reviewer.

2014 – Recebeu uma menção honrosa do prémio Bial 2014 com o trabalho “Embolização das Artérias Prostáticas (EAP) no tratamento de Sintomas do Trato Urinário Inferior (STUI) em doentes com Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP)”.

2015 – Recebeu o prémio: 2015 Journal of Vascular and Interventional Radiology (JVIR) Editor’s Award for Top Reviewer.

2016 – Recebeu o prémio: 2016 Journal of Vascular and Interventional Radiology (JVIR) Editor’s Award for Top Reviewer.

Autor de 5 artigos científicos premiados sobre embolização prostática

Autor de 6 comunicações científicas premiadas em congressos internacionais sobre embolização prostática

Testemunhos

“Dr. Tiago, muito obrigada!!!! Tenha a plena certeza que a vossa equipa clínica está no topo da minha lista de eleição e não hesitarei em recomendá-la a quem quer que seja.”

Susana, 38 anos

“Louvo e agradeço ao Professor Tiago Bilhim, ao Dr. Nuno Costa e aos demais profissionais da sua equipa estes resultados que melhoraram significativamente a minha qualidade de vida.”

Noctúria, 57 anos

“Dr. Tiago Bilhim, estou muito feliz por ter ajudado a que este tratamento fosse considerado válido.”

José, 64 anos
Testemunhos
sobre mim

Hospital St. Louis

No Hospital St. Louis, o Professor Tiago Bilhim lidera uma equipa de radiologia de intervenção, que se especializa em tratamentos micro-invasivos quando comparados a tratamentos de cirurgia aberta ou robótica, o que proporciona tratamentos e recuperação mais fáceis.

Estes tratamentos são maioritariamente realizados em regime ambulatório.

Estes tratamentos são embolizações (embolização prostática e uterina) que tratam a hiperplasia benigna da próstata e miomas uterinos.

Ajudam a melhorar a vida sexual de quem se submete ao tratamento, e também ajudam a melhorar as chances de gravidez nas mulheres.

sobre mim

Hospital St. Louis

No Hospital St. Louis, o Professor Tiago Bilhim lidera uma equipa de radiologia de intervenção, que se especializa em tratamentos micro-invasivos quando comparados a tratamentos de cirurgia aberta ou robótica, o que proporciona tratamentos e recuperação mais fáceis.

Estes tratamentos são maioritariamente realizados em regime ambulatório.

Estes tratamentos são embolizações (embolização prostática e uterina) que tratam a hiperplasia benigna da próstata e miomas uterinos.

Ajudam a melhorar a vida sexual de quem se submete ao tratamento, e também ajudam a melhorar as chances de gravidez nas mulheres.

Imprensa

Media

Youtube

Entre em Contacto

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago