Blog

Prof. Dr. Tiago Bilhim

Dores pélvicas, menstruais ou durante o acto sexual? Saiba as causas possíveis!

Dores Pélvicas

Infelizmente as dores pélvicas são um sintoma pouco específico, ou seja, podem ter muitas causas diferentes. Desta forma, pode ser muito difícil identificar o problema concreto ou doença que causa estas dores.

Além disso, podem existir muitas doenças pélvicas femininas que podem não ser a causa da dor. Ou seja, pode ser feito um tratamento para uma determinada doença da doente que afinal não trata as dores porque a causa seria outra. Desta forma, a avaliação destas doentes deve ser exaustiva e multidisciplinar com recurso aos médicos de família, ginecologistas e radiologistas de intervenção uma vez que existem muitas causas potencialmente tratáveis de dores pélvicas que os radiologistas de intervenção conhecem e sabem tratar de forma diferenciada.

As dores pélvicas como único sintoma são pouco esclarecedoras, pelo que muitas vezes procuramos mais informação como: altura das dores durante o período ou fora do período menstrual, altura do dia em que têm mais dores, dores durante o ato sexual, história familiar e antecedentes pessoais relevantes, alterações ao exame objetivo, antecedentes de varizes dos membros inferiores ou na região pélvica, gravidezes e partos prévios.

Sintomas associados que possam ser relevantes na avaliação destas doentes: hemorragias uterinas abundantes ou irregulares e aumento das dimensões do abdómen. Posteriormente são avaliados exames de imagem que frequentemente ajudam a esclarecer o diagnóstico, ou seja, a doença que possa causar estas dores. Geralmente é efetuada uma ecografia ginecológica e/ou uma ressonância magnética pélvica.

Dentro das causas mais frequentes de dores pélvicas e que possam ser tratadas por embolização por radiologistas de intervenção destacamos: miomas uterinos, adenomiose e varizes pélvicas (também conhecido como síndrome de congestão venosa pélvica). Estas 3 doenças são algumas das causas mais frequentes de dores pélvicas nas doentes em idade fértil, ou seja, durante a idade adulta até à menopausa.

Para saber mais sobre fibromiomas uterinos, adenomiose ou varizes pélvicas, tratamentos preservadores da função sexual, embolização e tratamentos minimamente invasivos, preencha o formulário a baixo.

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago

tiago bilhim

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago

tiago bilhim
2021-01-08T12:41:08+00:00