Blog

Prof. Dr. Tiago Bilhim

Como melhorar a qualidade de vida quando se tem fibromiomas uterinos?

fibromiomas uterinos

Os fibromiomas uterinos são frequentemente sintomáticos, ou seja, causam queixas como hemorragia abundante, aumento do abdómen, dores ou infertilidade. Podem, ainda, causar disfunção sexual com dores durante o acto sexual. Estes sintomas levam a uma redução na qualidade de vida das doentes afetadas.

Nas doentes com hemorragia uterina abundante, as perdas de sangue podem condicionar o estilo de vida, pois frequentemente têm medo de sujar a roupa, sujar a cama, necessitando de trocar os pensos diários várias vezes por dia. Por vezes podem ainda perder coágulos no sangue e em situações mais graves, estas perdas de sangue podem levar a anemia, ou seja, uma redução nos valores de hemoglobina no sangue. Quando se estabelece a anemia, as doentes sentem cansaço, falta de forças e uma incapacidade generalizada para realizar as diferentes tarefas diárias.

Os miomas podem, também, levar a um aumento nas dimensões do útero. Por vezes podem alcançar dimensões tão grandes que simulam uma gravidez, podendo ultrapassar o umbigo. Nestes casos, podem levar a uma sensação de aumento do tamanho da barriga. Quando os miomas crescem para fora da parede do útero podem levar a compressão dos orgãos que estão perto, como a bexiga ou o recto. Isto pode levar a queixas como vontade constante de ir urinar ou pressão no recto. Podem acontecer situações, em que as manifestações são dores pélvicas, geralmente perto do ciclo menstrual ou dores durante o acto sexual.

O útero tem uma cavidade central revestida pelo endométrio e uma parede muscular denominada miométrio. De acordo com a localização dos miomas, eles podem ser classificados como submucosos (crescem para dentro da cavidade uterina), intramurais (crescem na parede muscular uterina) ou subserosos (crescem para fora do útero). O tipo de queixas pode estar mais associado a alguns destes tipos de localizações no útero: hemorrgias e infertilidade nos submucosos; hemorragias e dores nos intramurais; compressão da bexiga, recto e aumento da barriga e dores pélvicas nos subserosos.

Nestes casos, o tratamento está justificado para melhorar a qualidade de vida das mulheres, eliminando todas as queixas ou sintomas causados pelos fibromiomas uterinos. A embolização uterina é eficaz para tratar todo o tipo de fibromiomas uterinos. Os resultados são melhores nos submucosos e intramurais.

Os miomas subserosos também respondem à embolização uterina, contudo se forem pediculados (pequena ligação ao útero) poderão não ser totalmente tratados com a embolização uterina. Estudos recentes, que seguiram as mulheres 5 anos após a embolização uterina, provaram que a embolização uterina é segura e eficaz para tratar os sintomas associados aos fibromiomas uterinos.

A melhoria na qualidade de vida das mulheres tratadas com a embolização uterina foi marcada nos primeiros meses após o tratamento e manteve-se durante os 5 anos seguintes, provando a eficácia do tratamento a longo prazo. A esmagadora maioria das doentes tratadas (90%) referiu ter ficado satisfeita ou muito satisfeita com o tratamento. A embolização uterina foi igualmente eficaz para tratar as queixas de hemorragia uterina e as dores pélvicas, reduzindo o tamanho do útero e os sintomas de compressão da bexiga ou recto. Muitas mulheres sentem uma redução no volume do abdómen. É possível, ainda, em algumas situações uma melhoria da função sexual após a embolização uterina.

Nas mulheres que queriam engravidar e não conseguiam por causa dos fibromiomas, a embolização uterina permitiu uma taxa de gravidez com sucesso de 40%. O nosso centro publicou uma das maiores séries a nível mundial de gravidez com sucesso após a embolização uterina, em mulheres com fibromiomas uterinos.

Se quiser saber mais sobre fibromiomas uterinos, adenomiose, tratamentos preservadores de fertilidade e embolização uterina consulte entre em contacto comigo, estou inteiramente disponível para esclarecer todas as dúvidas.

Como melhorar a qualidade de vida quando se tem fibromiomas uterinos?

fibromiomas uterinos

Os fibromiomas uterinos são frequentemente sintomáticos, ou seja, causam queixas como hemorragia abundante, aumento do abdómen, dores ou infertilidade. Podem, ainda, causar disfunção sexual com dores durante o acto sexual. Estes sintomas levam a uma redução na qualidade de vida das doentes afetadas.

Nas doentes com hemorragia uterina abundante, as perdas de sangue podem condicionar o estilo de vida, pois frequentemente têm medo de sujar a roupa, sujar a cama, necessitando de trocar os pensos diários várias vezes por dia. Por vezes podem ainda perder coágulos no sangue e em situações mais graves, estas perdas de sangue podem levar a anemia, ou seja, uma redução nos valores de hemoglobina no sangue. Quando se estabelece a anemia, as doentes sentem cansaço, falta de forças e uma incapacidade generalizada para realizar as diferentes tarefas diárias.

Os miomas podem, também, levar a um aumento nas dimensões do útero. Por vezes podem alcançar dimensões tão grandes que simulam uma gravidez, podendo ultrapassar o umbigo. Nestes casos, podem levar a uma sensação de aumento do tamanho da barriga. Quando os miomas crescem para fora da parede do útero podem levar a compressão dos orgãos que estão perto, como a bexiga ou o recto. Isto pode levar a queixas como vontade constante de ir urinar ou pressão no recto. Podem acontecer situações, em que as manifestações são dores pélvicas, geralmente perto do ciclo menstrual ou dores durante o acto sexual.

O útero tem uma cavidade central revestida pelo endométrio e uma parede muscular denominada miométrio. De acordo com a localização dos miomas, eles podem ser classificados como submucosos (crescem para dentro da cavidade uterina), intramurais (crescem na parede muscular uterina) ou subserosos (crescem para fora do útero). O tipo de queixas pode estar mais associado a alguns destes tipos de localizações no útero: hemorrgias e infertilidade nos submucosos; hemorragias e dores nos intramurais; compressão da bexiga, recto e aumento da barriga e dores pélvicas nos subserosos.

Nestes casos, o tratamento está justificado para melhorar a qualidade de vida das mulheres, eliminando todas as queixas ou sintomas causados pelos fibromiomas uterinos. A embolização uterina é eficaz para tratar todo o tipo de fibromiomas uterinos. Os resultados são melhores nos submucosos e intramurais.

Os miomas subserosos também respondem à embolização uterina, contudo se forem pediculados (pequena ligação ao útero) poderão não ser totalmente tratados com a embolização uterina. Estudos recentes, que seguiram as mulheres 5 anos após a embolização uterina, provaram que a embolização uterina é segura e eficaz para tratar os sintomas associados aos fibromiomas uterinos.

A melhoria na qualidade de vida das mulheres tratadas com a embolização uterina foi marcada nos primeiros meses após o tratamento e manteve-se durante os 5 anos seguintes, provando a eficácia do tratamento a longo prazo. A esmagadora maioria das doentes tratadas (90%) referiu ter ficado satisfeita ou muito satisfeita com o tratamento. A embolização uterina foi igualmente eficaz para tratar as queixas de hemorragia uterina e as dores pélvicas, reduzindo o tamanho do útero e os sintomas de compressão da bexiga ou recto. Muitas mulheres sentem uma redução no volume do abdómen. É possível, ainda, em algumas situações uma melhoria da função sexual após a embolização uterina.

Nas mulheres que queriam engravidar e não conseguiam por causa dos fibromiomas, a embolização uterina permitiu uma taxa de gravidez com sucesso de 40%. O nosso centro publicou uma das maiores séries a nível mundial de gravidez com sucesso após a embolização uterina, em mulheres com fibromiomas uterinos.

Se quiser saber mais sobre fibromiomas uterinos, adenomiose, tratamentos preservadores de fertilidade e embolização uterina consulte entre em contacto comigo, estou inteiramente disponível para esclarecer todas as dúvidas.

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago

tiago bilhim

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago

tiago bilhim