Blog

Prof. Dr. Tiago Bilhim

Não consigo engravidar – Saiba como o tratamento por embolização pode ajudar.

nao consigo engravidar

A infertilidade é um contexto bastante complexo pois pode envolver factores do homem e da mulher. No caso da infertilidade de origem masculina, a causa mais frequente é o Varicocelo. No caso da infertilidade de origem feminina, podem existir diferentes patologias afectando os ovários, trompas uterinas ou o útero. Existem, ainda, causas genéticas que podem afectar quer o homem quer a mulher.

O mais importante de avaliar no contexto da infertilidade é saber se existe uma causa que se possa identificar, e, acima de tudo, tratar. A identificação de causas potencialmente tratáveis de infertilidade é muito importante pois pode permitir realizar tratamentos específicos que permitam uma gravidez futura. A avaliação por uma equipa multidisciplinar do casal infértil é muito importante, pois algumas das causas poderão ser tratadas por especialidades menos conhecidas como a radiologia de intervenção. A radiologia de intervenção, através dos tratamentos por embolização, pode tratar muitas causas de infertilidade, nomeadamente o varicocelo, os fibromiomas uterinos e a adenomiose uterina.

varicocelo - engravidar

Quando a infertilidade é de causa masculina, associada a um varicocelo, a Embolização do Varicocelo é um tratamento muito eficaz, permitindo recuperar a fertilidade em mais de 90% dos homens tratados 6 meses após a embolização. O varicocelo ou varicocele são dilatações de veias ou varizes em torno do testículo. Localizam-se em volta do testículo, no interior das bolsas escrotais ou escroto (pele que envolve os testículos), sendo muito mais frequentes à esquerda que à direita. O varicocelo é um problema de saúde muito comum do homem, afectando até 15% da população adulta jovem, sendo o seu pico de incidência, ou seja, mais frequente entre os 15 e 25 anos. Contudo, pode ser detectado em qualquer faixa etária. O varicocelo geralmente dá dor no testículo, sensação de peso no testículo ou aumento do tamanho do escroto (pele em volta do testículo).

Como é muito mais frequente à esquerda, geralmente estas queixas são à esquerda. O varicocelo pode não dar dores ou sintomas e a única manifestação ser atraso no desenvolvimento do testículo (quando afecta as crianças) ou dificuldade em engravidar (quando afecta os adultos). O varicocelo pode levar a disfunção dos espermatozoides fazendo com que o homem fique estéril. Após tratar o varicocelo, geralmente os espermatozoides voltam a ter uma função normal. Mesmo quando o varicocelo é unilateral pode levar à disfunção dos espermatozoides produzidos em ambos os testículos. Numa fase inicial o varicocelo não é visível, contudo com o tempo, o varicocelo pode aumentar de tamanho e tornar-se visível.

adenomiose - engravidar

Quando a infertilidade é de causa feminina, associada a patologia uterina como os fibromiomas e adenomiose, a embolização uterina pode ser uma técnica muito útil não só para tratar os sintomas, mas também para permitir um futura gravidez. Como é um tratamento que preserva o útero, permite a gravidez futura. Os fibromiomas, leiomiomas ou miomas são tumores benignos que nascem nas paredes do útero. A sua dimensão pode ir de alguns milímetros a mais de 20 cm. Entre 20 a 40% das mulheres em idade fértil são portadoras de fibromiomas, sendo a sua frequência de cerca de 70% nas africanas.

A embolização uterina foi desenvolvida como uma técnica minimamente invasiva, como alternativa à cirurgia, para poder tratar os fibromiomas, de forma menos dolorosa, com recuperação mais rápida e preservando o útero, possibilitando futuras gravidezes. A infertilidade é uma forma de manifestação dos miomas bastante angustiante. Nós temos das experiências mais vastas em gravidez após embolização uterina mesmo a nível mundial, mostrando que é possível engravidar após o tratamento dos miomas com a embolização uterina.

No caso da adenomiose, a embolização uterina é o único tratamento preservador do úteri eficaz e que pode permitir uma futura gravidez. A adenomiose uterina é uma doença benigna onde ocorre um espessamento dentro das paredes do próprio útero provocando sintomas como dor, sangramento ou cólicas fortes, especialmente durante a menstruação. Na adenomiose há uma infiltração do endométrio que normalmente reveste apenas o interior da cavidade uterina e passa a infiltra-se na espessura da parede do corpo do útero (miométrio). A adenomiose pode provocar complicações graves na gravidez, como gravidez ectópica ou aborto, por exemplo, sendo recomendado o acompanhamento regular do obstetra, para que sejam evitadas essas complicações. Além disso, em alguns casos a adenomiose, pode dificultar a fixação do embrião no útero, dificultando assim a gravidez, levando a infertilidade.

A taxa de sucesso clínico após a embolização uterina é inferior na adenomiose quando comparada com os miomas. Enquanto que a taxa de sucesso nos miomas é de cerca de 90%, na adenomiose a taxa de sucesso após a embolização é de 60-80%. Esta diferença deve-se ao facto de a adenomiose não ser uma doença tão dependente da vascularização arterial como os miomas. Temos mais de 140 doentes tratadas por embolização uterina, e que conseguiram engravidar após a embolização uterina, mostrando que é seguro e eficaz.

Se quiser saber mais sobre varicocelo, fibromiomas uterinos, adenomiose, tratamentos por embolização, tratamentos preservadores de fertilidade e da função sexual, embolização uterina e como estes tratamentos podem ajudar no processo de engravidar, preencha o formulário abaixo e entre em contacto comigo!

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago

tiago bilhim

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago

tiago bilhim
2021-05-06T11:44:39+00:00