Blog

Prof. Dr. Tiago Bilhim

Hemorragias fora do período

Hemorragias fora do período - Dr. Tiago Bilhim

A hemorragia na mulher quando é muito volumosa ou fora do período menstrual denomina-se de hemorragia uterina anómala. Na mulher pós-menopáusica é um sinal de alarme, pois pode significar um tumor maligno do útero.

Felizmente, na mulher pre-menopáusica é na maioria das vezes uma manifestação de uma patologia benigna como polipos do endométrio, fibromiomas uterinos ou adenomiose.

Muitas destas patologias podem ser diagnosticadas por imagiologia e justificam tratamento e observação médica especializada. Todas as mulheres com hemorragia uterina anómala devem procurar assistência médica para melhor caracterização.

Em alguns casos estas queixas têm anos de duração e tendem a ser desvalorizadas. Contudo, podem ter um enorme impacto negativo na qualidade de vida da mulher. Informe-se sobre as doenças que podem levar a hemorragia uterina anómala, procure avaliação médica e descubra as diferentes opções de tratamento.

Aumento do abdómen, o que pode significar?

O aumento do volume abdominal pode ser causado por múltiplas causas. Em primeiro lugar há que perceber, se se trata de um aumento de peso, por aumento da gordura corporal. Se tal não for o caso, e o aumento do abdómen for condicionado por algo no interior, deverá procurar assistência médica e ser avaliado por imagiologia (TAC ou RM) para melhor perceber as causas desta situação.

Os fibromiomas uterinos podem por vezes alcançar grandes dimensões e levar a um aumento do abdómen nas mulheres entre os 30 e 50 anos de idade. Procure assistência médica para melhor perceber quais as causas do aumento do abdómen e como poder tratar.

Hemorragias abundantes durante o período

As hemorragias abundantes durante o período são um tipo de hemorragia uterina anómala muito frequente.Dependendo da severidade pode ter um enorme impacto na qualidade de vida, levando a uma perda da auto-estima e confiança.

Algumas das causas mais frequentes são os fibromiomas uterinos e a adenomiose. Nestes casos a hemorragia pode ser muito intensa levando a fadiga, cansaço fácil, perda de energia, menor produtividade e sonolência. É frequente a ansiedade gerada pela imprevisibilidade da duração de cada período menstrual, podendo interferir com viagens, actividades físicas, desporto.

Pode surgir uma sensação de perda de controlo sobre a própria vida com medo de sujar a roupa, impedindo de realizar as normais actividades do dia-a-dia e interferindo com a vida social e sexual. A sensação de tristeza, desespero, depressão, incerteza e falta de esperança podem surgir nos casos mais graves.

Na maioria dos casos, as doenças que causam estes quadros são facilmente tratáveis e algumas delas por embolização uterina. Procure assistência médica e informe-se sobre as diferentes opções de tratamento e sobre embolização uterina.

Dores menstruais muito fortes

As dores menstruais muito fortes denominam-se também de dismenorreia. São uma queixa de difícil valorização pela sua subjectividade e dificuldade em quantificar. Contudo podem interferir com a qualidade de vida e, nas situações mais extremas, condicionar os estilos e hábitos de vida.

Estas queixas, apesar da sua subjectividade, não devem ser desvalorizadas, pois podem ser a manifestação de doenças ou situações facilmente tratáveis. O síndrome de congestão venosa pélvica que se traduz por varizes pélvicas pode levar a dores menstruais intensas.

A adenomiose e endometriose são outras causas frequentes. Procure assistência médica e informe-se das causas e opções de tratamento para estas queixas.

Hemorragias fora do período

Hemorragias fora do período - Dr. Tiago Bilhim

A hemorragia na mulher quando é muito volumosa ou fora do período menstrual denomina-se de hemorragia uterina anómala. Na mulher pós-menopáusica é um sinal de alarme, pois pode significar um tumor maligno do útero.

Felizmente, na mulher pre-menopáusica é na maioria das vezes uma manifestação de uma patologia benigna como polipos do endométrio, fibromiomas uterinos ou adenomiose.

Muitas destas patologias podem ser diagnosticadas por imagiologia e justificam tratamento e observação médica especializada. Todas as mulheres com hemorragia uterina anómala devem procurar assistência médica para melhor caracterização.

Em alguns casos estas queixas têm anos de duração e tendem a ser desvalorizadas. Contudo, podem ter um enorme impacto negativo na qualidade de vida da mulher. Informe-se sobre as doenças que podem levar a hemorragia uterina anómala, procure avaliação médica e descubra as diferentes opções de tratamento.

Aumento do abdómen, o que pode significar?

O aumento do volume abdominal pode ser causado por múltiplas causas. Em primeiro lugar há que perceber, se se trata de um aumento de peso, por aumento da gordura corporal. Se tal não for o caso, e o aumento do abdómen for condicionado por algo no interior, deverá procurar assistência médica e ser avaliado por imagiologia (TAC ou RM) para melhor perceber as causas desta situação.

Os fibromiomas uterinos podem por vezes alcançar grandes dimensões e levar a um aumento do abdómen nas mulheres entre os 30 e 50 anos de idade. Procure assistência médica para melhor perceber quais as causas do aumento do abdómen e como poder tratar.

Hemorragias abundantes durante o período

As hemorragias abundantes durante o período são um tipo de hemorragia uterina anómala muito frequente.Dependendo da severidade pode ter um enorme impacto na qualidade de vida, levando a uma perda da auto-estima e confiança.

Algumas das causas mais frequentes são os fibromiomas uterinos e a adenomiose. Nestes casos a hemorragia pode ser muito intensa levando a fadiga, cansaço fácil, perda de energia, menor produtividade e sonolência. É frequente a ansiedade gerada pela imprevisibilidade da duração de cada período menstrual, podendo interferir com viagens, actividades físicas, desporto.

Pode surgir uma sensação de perda de controlo sobre a própria vida com medo de sujar a roupa, impedindo de realizar as normais actividades do dia-a-dia e interferindo com a vida social e sexual. A sensação de tristeza, desespero, depressão, incerteza e falta de esperança podem surgir nos casos mais graves.

Na maioria dos casos, as doenças que causam estes quadros são facilmente tratáveis e algumas delas por embolização uterina. Procure assistência médica e informe-se sobre as diferentes opções de tratamento e sobre embolização uterina.

Dores menstruais muito fortes

As dores menstruais muito fortes denominam-se também de dismenorreia. São uma queixa de difícil valorização pela sua subjectividade e dificuldade em quantificar. Contudo podem interferir com a qualidade de vida e, nas situações mais extremas, condicionar os estilos e hábitos de vida.

Estas queixas, apesar da sua subjectividade, não devem ser desvalorizadas, pois podem ser a manifestação de doenças ou situações facilmente tratáveis. O síndrome de congestão venosa pélvica que se traduz por varizes pélvicas pode levar a dores menstruais intensas.

A adenomiose e endometriose são outras causas frequentes. Procure assistência médica e informe-se das causas e opções de tratamento para estas queixas.

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago

tiago bilhim

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Tiago

tiago bilhim